Outros Reconhecimentos

Reconhecimento EFQM

A CAF foi desenvolvida em 1998 e 1999 com base no trabalho conjunto da European Foundation for Quality Management (EFQM), da German University of Administrative Sciences Speyer e do European Institute of Public Administration (EIPA), o que explica o estreito alinhamento entre a CAF e o Modelo de Excelência da EFQM

Dada esta proximidade, a DGAEP celebrou um protocolo com a Associação Portuguesa para a Qualidade (APQ), entidade parceira da EFQM, responsável em Portugal pela gestão do esquema de reconhecimento - Níveis de Excelência da EFQM

Através deste protocolo os serviços e organismos da Administração Pública podem utilizar a CAF como ferramenta de autoavaliação no caso da candidatura ao Nível de Excelência Committed to Excellence (C2E).

Committed to Excellence (C2E) - "Criar a paixão e o compromisso"

Este nível destina-se a organizações, ou unidades organizacionais, que se encontram no início do seu percurso a caminho da Excelência. O objetivo é ajudar as organizações a compreender o seu nível de desempenho atual e a estabelecer prioridades de melhoria.

O processo implica um desenvolvimento em duas fases:

Fase 1

Envolve os candidatos na realização de um processo de Autoavaliação, o qual pode ser realizado com o modelo CAF. O resultado desta avaliação consistirá na identificação, por parte do candidato, de áreas de melhoria relevantes para a organização.

Fase 2

Requer da organização evidências de que foram desenvolvidas com sucesso no mínimo 3 ações de melhoria relevantes para a organização. O sucesso desta fase será confirmado através de reuniões, discussões e análise da documentação apropriada, por um avaliador formado pela APQ, durante uma visita com uma duração de 1 a 2 dias. O alcançar com sucesso deste nível possibilita à organização a utilização da insígnia nos seus contactos comerciais e promocionais.

Custos

Entre 2.430,0 € + IVA e 3.540,0 € + IVA

Ver: Brochura informativa C2E (pág. 11)

Principais Benefícios

  • Criar entusiasmo para a melhoria;
  • Desenvolver uma cultura de excelência;
  • Receber feedback independente sobre os pontos fortes e áreas de melhoria;
  • Melhorar a competitividade, concentrando a organização no que importa.

Saber +

Tamanho do texto A|A|A